Presidentes das escolas de São Paulo procuram gestor e preparam mudança estrutural na Liga-SP

A Liga-SP apresentou no mês de maio um novo modelo de gestão para administração dos desfiles das escolas de samba de São Paulo. Sidnei Carriuolo, presidente do Águia de Ouro, assumiu o comando da Liga-SP por 90 dias, e, durante uma live explicou como surgiu o movimento de mudança no sistema paulistano.

“Não é simplesmente arrancar todo mundo e colocar tudo novo. Os presidentes estão empenhados e participativos. Quando a gente se une atrás de um objetivo é difícil não conseguir. A proposta é do colegiado dos presidentes das escolas de samba. A antiga diretoria tinha mais um ano de mandato. O Carnaval 2020 foi mais tenso e tumultuado. Pensamos que após os desfiles eram o momento certo para mudar. O presidente Serginho não entendeu bem a mudança do gestor e optou por sair. É uma mudança estrutural da Liga, uma administração diferente”, disse.

Categoria:Colunas do Samba por "Noronha"

Deixe seu Comentário